Análise de agentes químicos os riscos dos fumos metálicos
Análise de agentes químicos, os riscos dos fumos metálicos
maio 9, 2019
Riscos ambientais causados por agentes químicos
Riscos ambientais causados por agentes químicos
maio 16, 2019
Análise de névoa de óleo para empresas de usinagem

A análise de névoa de óleo para empresas de usinagem e sua remoção é fundamental para manter a limpeza e segurança.

A névoa de óleo para empresas de usinagem é um problema muito sério. A partir dela, uma série de questões é desencadeada, desde a queda de desempenho dos equipamentos até a saúde dos funcionários.

As máquinas de usinagem modernas, hoje em dia, são controladas por componentes eletrônicos extremamente sensíveis. Quando equipamentos, instalações, placas de circuitos estão contaminadas por névoa de óleo, a produção é interrompida.

Não é uma boa prática de produção, manusear peças e equipamentos sujos por óleo. Isso não é aceitável por nenhuma empresa.

Composição da névoa de óleo

A constituição do vapor de óleo é feita por aerossóis da emulsão óleo/água ou do óleo. Já as emulsões de óleo contêm teor de água de 90 a 95%, o resto é óleo solúvel. Elas possuem uma determinada quantidade de aditivos ainda não conhecidos. Os fluidos de usinagem que são à base de óleo mineral também são conhecidos como óleos diretos ou óleos de corte direto.

Como ocorre a névoa de óleo na usinagem?

A névoa de óleo é uma espécie de aerossol formado pelo uso do óleo como refrigeração e lubrificação no processo de usinagem dos componentes de plástico e metais.

Ela resulta da ação mecânica de pressões e rotações elevadas de bombeamento sobre o óleo. Isso vai gerar partículas suspensas que vão entrar em contato com superfícies quentes, evaporar, condensar e contaminar o ar. Segundo especialistas, todas as operações de usinagem a úmida são capazes de gerar névoa de óleo em menor ou maior intensidade.

Problemas causados pela névoa de óleo

A névoa de óleo na usinagem causa graves problemas para indústria. O primeiro são as paradas dos equipamentos não programação, em virtude das placas de circuitos que ficam afetadas pela névoa de óleo. Como todo empresário sabe, a cada minuto que uma máquina fica parada, há um prejuízo financeiro, pois interfere diretamente na produção. Além disso, as inconformidades e atrasos de qualidade poderão acontecer em razão das paralisações.

Outro fator de suma importância é que o uso de peças e máquinas sujas de óleo é uma prática que implica na segurança e saúde dos colaboradores. O óleo pode deixar as superfícies escorregadias, o que irá aumentar a incidência dos acidentes.

A exposição prolongada e frequente à névoa de óleo é extremamente nociva à saúde. Por isso, é fundamental que as operações de usinagem têm medidas preventivas contra névoa de óleo. A começar por uma boa ventilação que deve estar presente em todos os ambientes da indústria ou fábrica.

Como solucionar a névoa de óleo

As indústrias precisam realizar análise de névoa de óleo constantemente para manter a competitividade, aprimorar a produção e investir na segurança dos funcionários. Para manter um ambiente eficaz e seguro, a indústria precisa buscar alternativas para filtrar o óleo.

Hoje em dia existem filtros de névoa de óleo na usinagem bastante eficientes. Essa solução pode ser instalada em qualquer tipo de equipamento, independente da idade ou do porte. O filtro capta o óleo na fonte, o que permite que ele possa ser reutilizado.

Vantagens de usar o filtro de névoa de óleo

O uso de filtro de névoa de óleo permite que as indústrias permaneçam mais limpas e seguras. Isso também aumenta a economia da empresa, com redução de atestados, afastamentos, etc. Além disso, o desempenho dos equipamentos é preservado, evitando interrupções e manutenções frequentemente.

A instalação do filtro de névoa de óleo garante a prevenção da saúde dos colaboradores e mantém a competitividade da empresa a longo prazo.

Conheça outras vantagens do uso de filtro de névoa de óleo:

  •         Extremamente silencioso;
  •         Performance avançada de filtração;
  •         Ambiente saudável para os colaboradores;
  •         Redução de riscos de acidentes;
  •         Transferência de um equipamento para outro com apenas um ajuste de vazão;
  •         Recupera óleo líquido para o equipamento;
  •         Corta custos de ventilação e aquecimento com ar reciclado;
  •         Aumenta a velocidade dos equipamentos sem poluir o ambiente;
  •         Melhora a produção dos funcionários;
  •         Minimiza os perigos de incêndios;
  •         Reduz custos de limpeza de forro, luminárias, pisos e equipamentos.
  •         Esteriliza o ar, eliminado mais de 300 odores.

Mantenha a limpeza e a saúde

Os filtros separam a névoa de óleo, em vez de coletá-la no meio da filtragem. Isso vai permitir que o óleo e fluidos de corte sejam reutilizados. Quando o óleo e fluido de corte são separados em vez de coletados, apresenta uma redução no impacto ambiental da empresa. São toneladas de emissões de CO2 que podem ser evitadas com o uso do filtro. A vida média de um filtro é de 30 a 36 meses.

Os filtros que eliminam a névoa de óleo são capazes de eliminar 99,8% das partículas de sujeiras. Isso vai manter a limpeza dos equipamentos e manter a saúde dos colaboradores.

Há diversos tipos de filtros de alto desempenho para aplicações como:

  •         moagem,
  •         fundição,
  •         moagem úmida,
  •         usinagem,
  •         solda,
  •         retífica,
  •         furação,
  •         fresamento,
  •         processos petroquímicos,
  •         torneamento,
  •         usinagem de borracha,
  •         refrigerantes sintéticos.

Há também outros que filtram vários tipos de névoa (óleo, fumaça e água) com um único coletor.

Como escolher o melhor filtro e exaustor?

Para escolher a solução ideal para a indústria, em primeiro lugar, a empresa precisa realizar uma análise completa sobre a filtragem e exaustão de névoa de óleo.

A Laboprime possui especialistas que vão analisar e avaliar com instrumentos o nível de concentração de névoa de óleo presente nos ambientes. Após essa análise, as empresas devem escolher as soluções mais adequadas para cada uma.

O laboratório realiza diversas coletas no ar com tecnologia moderna e avançada, voltada para higiene ocupacional. As principais metodologias utilizadas são: NIOSH, EPA, 3M, MDHS e OSHA.

As amostragens são realizadas com coleta em tubos em geral, bombas, cassetes, impingers, entre outros acessórios.

Quer saber mais sobre análise de névoa de óleo de usinagem para sua empresa? Fale com nossos consultores.

Área de Clientes
Fale conosco!
Precisa de ajuda? Fale conosco!
Olá! Posso te ajudar?
× Fale conosco pelo WhatsApp