Autenticidade de Relatórios de Ensaio

BLOG

Tudo o que você precisa saber sobre a análise do TPH

Um dos principais parâmetros utilizados para avaliar contaminações provenientes de vazamento de petróleo é o TPH, sigla em inglês para Total Petroleum Hidrocarbons ou Hidrocarbonetos Totais do Petróleo (TPH). 

A análise de TPH fornece dados sobre a concentração desses elementos presentes numa determinada amostra.

A composição do petróleo e seus derivados é formada por diversas substâncias químicas e a determinação usualmente é realizada nas seguintes faixas.

C7 – C10 – GRO (Faixa da Gasolina)
C10 – C28 – DRO (Faixa do Diesel)
C20 – C40 – ORO (Faixa do Óleo)

Como funciona a análise de TPH:

Os hidrocarbonetos são derivados do petróleo, como a gasolina e o óleo diesel. Eles são classificados conforme sua estrutura e grau de saturação. A análise de TPH é feita para avaliar o volume desses hidrocarbonetos nas matrizes ambientais, dentro de uma faixa já pré-determinada (ver linha acima). 

As substâncias podem ser encontradas nas águas, solos, efluentes, sedimentos e biota perto de postos de combustíveis ou indústrias.

A LABOPRIME (CRL 1171) possui em seu escopo a Determinação de Hidrocarbonetos Totais do Petróleo (TPH) pelo método da cromatografia gasosa com detector por ionização de chama (GC-FID) nas seguintes faixas e LQ’s:

TPH – GRO (C7 – C10) – LQ: 0,3 mg/L
TPH – DRO (C10 – C28) – LQ: 0,3 mg/L
TPH – ORO (C20 – C40) – LQ: 0,3 mg/L
TPH Total Fingerprint (C7-C40) – LQ: 0,3 mg/L

As determinações são acreditadas pela Coordenação Geral de Acreditação do INMETRO com base nas metodologias U.S. EPA 3510C – 1996 e U.S. EPA 8015D – 2003. 

Possíveis fontes de contaminação:
O vazamento dos tanques subterrâneos desses derivados do petróleo é uma das principais formas de contaminar solo e água subterrâneos. Além disso, o transporte, a exploração e a distribuição dos derivados de petróleo também podem gerar contaminação por TPH.

Portanto, é fundamental que postos de combustível e indústrias que utilizam esses derivados precisam fazer análise de TPH frequentemente.

Parâmetros da análise de TPH:

Os hidrocarbonetos monoaromáticos são os que mais causam impacto negativo ao meio ambiente. Os principais são xilenos, tolueno e benzeno..

A análise de TPH possui a capacidade de verificar os possíveis focos de contaminação por petróleo nas áreas perto de indústrias e postos de combustíveis. A determinação verifica os seguintes pontos:

  1. A presença de contaminação ou não;
  2. Avaliação do tipo de contaminação, com base nas faixas.
  3. Acompanhamento e monitoramento dos processos de remediação.

A análise de TPH estuda áreas contaminadas que podem ou não apresentar riscos à saúde pública e ao meio ambiente.

Hoje, toda preocupação com o meio ambiente traz muita preocupação com as indústrias petroquímicas, postos de combustíveis e outras empresas. Diante desse cenário, a realização da análise de TPH proveniente de uma contaminação é fundamental para que as empresas cumpram as legislações ambientais.

A Laboprime é um dos mais completos laboratórios do sul do país e realiza análise de TPH para diversas empresas. 

O laboratório conta com uma equipe de especialistas qualificados e uma estrutura com alta tecnologia para atender seu posto de gasolina. Entre em contato conosco e saiba mais!

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro dos lançamentos do Laboprime